Voluntariado – Letramento

Muito boa tarde a todos!

Que tal falarmos de voluntariado, ação voluntária? Cai bem nos dias atuais, onde o sentimento capita

download

Google Imagens

lista de exaltação do ganho, lucro, vantagem e “progresso” encabeça nossas ações sempre ou quase sempre. Mas deixando o capitalismo em espírito, dubrucemo-nos sobre o tema sub-rogado,sim, falo da ação voluntária que tem por fim oferecer e/ou desenvolver atividades, serviços, ajuda a uma causa qualquer como, por exemplo, à formação de jovens em situação de vulnerabilidade social.

Pois bem, já que citei a vulnerabilidade social, divulgo-lhes que recentemente saiu publicação de artigo em anais no qual consto como autor. Sim, neste trago resultados de um projeto de extensão realizado numa instituição internacional com filial no município de Paraíso do Tocantins – TO. O projeto consistiu em oferecer apoio educacional por meio de aulas extracurriculares de língua portuguesa, visando, de modo todo, o letramento de crianças e adolescentes.

Focando o artigo publicado, tem-se em resumo o que se segue:

O presente trabalho nasce para auxiliar e contribuir para formação educacional e social de crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social, assim como incentivar à responsabilidade cidadã para as prática de ações voltadas a com a formação  e manutenção das relações socais contributivas e valorativas. O projeto destinou-se aos internos de uma instituição internacional, a Casa Minas dos Olhos de Deus; instituição filantrópica, sem fins lucrativos e de assistência social com filial no município de Paraíso do Tocantins. Para tanto, buscou-se fundamentação bibliográfica e análise da realidade assistida. Objetivou-se com esse projeto contribuir para a formação escolar dos internos por meio de aulas complementares de Língua Portuguesa abordando a leitura literária, a interpretação e a produção textual. As obras literárias utilizadas versaram sobre responsabilidade, respeito, amizade, disciplina e trato interpessoal. O aprofundamento se deu por meio da obra “Oficina de Textos, Leitura e Redação” das autoras Rosa Cuba Riche e Denise M. Sousa. Ademais, objetivou-se a soma de valores humanos como: afetividade, solidariedade, carinho, amor, respeito, troca de experiências, amizade e incentivo educacional; e a preparação desses jovens para a  vida em sociedade,  buscando construir relações solidárias de proximidade e afeto com vistas a minimizar e/ou cessar os traumas sofridos por essas crianças e adolescentes antes de receberem proteção pela instituição supracitada.  Os resultados do projeto revelaram que o mesmo conseguiu contribuir para a formação dos jovens, sendo constatado no crescente bom desempenho  nas  disciplinas  comuns  das unidades regulares de ensino frequentadas por esses, bem como pela avaliação final positiva dada pelos próprios alunos do projeto e instituição beneficiada com a ação.

 Galera, é contributivo o dispêndio de tempo a causas nobres, visto que o meio social direta ou indiretamente responde e sente reflexos das mazelas que neste se difundem. Portanto, contribuam de forma primorosa para causas que tenham por fim a solidariedade.

A conversa foi breve, contudo, podemos continuá-la noutro momento. Assim, convido-os a ler a minha publicação por meio do seguinte link:

PROJETO AÇÃO VOLUNTÁRIA LENDO E ESCREVENDO – UM AUXÍLIO PARA O LETRAMENTO DE JOVENS SOCIALMENTE VULNERÁVEIS

Quer discutir, dialogar, trocar ideias? Comente o post!

Grato!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s